الجمعة، ٦ أكتوبر ٢٠١٧ - ٦:٣٩ م

A Comissão de Refugiados: o Estado dos Emirados é dos países que mais apoiaram ao povo rohingya

Génova, 6 de outubro, WAM 
 
O Prta-voz da Comissão Superior das Questões dos Refugiados André Mahisech disse que o Estado dos Emirados Árabes Unidos é um dos países que mais apoiaram e ajudaram aos refugiados da minoria muçulmana do povo rohingya que fugiram da violência em Myanmar a Bangladesh, algo que possibilitou à Organização acelerar as respostas aos casos de emergência e trabalhar para satisfazer as necessidades dos refugiados rohingya en Bangladesh em geral.
 
Na mesma linha, André falou em uma conferência de imprensa hoje sobre a necessidade de 83.7 milhões dólares para satisfazer as necessidades dos refugiados rohingya desde setembro até fevereiro do próximo ano. A prioridade da Comissão foca na proteção dos refugiados e procurar ofrecê-lhes alojamento, além de reduzir a concentração nos dois campos de refúgio atuais e Ktobalong e Nibara, depois do número de refugiados na zona ter duplicado em comparação com o número antes da fuga dos rohingya no passado dia 25 de agosto.
 
Além disse, o Porta-voz afirmou que o número de pessoas que fugiram na última crise chegou até agora a 515 mil refugiados, além de quase 300 mil que estavam lá em Bangladesh antes da crise, mencionando alguns países que responderam aos pedidos de ajuda do povo rohingya.
 
WAM-Islama Al Hussein